PAE - UM RECANTO DE PAZ

UM REDUTO DE PAZ DE "MARIA DOLORES"

domingo, 19 de fevereiro de 2017

“Fora da Caridade não há Salvação”

Domingos Cocco




Em sua crônica intitulada “Espíritas e Católicos”, publicada no jornal “A Gazeta” de Vitória, ES, no dia 14/10/2009, diz, em certo trecho, o Desembargador Dr. João Baptista Herkenhoff: 

(...) “Se nos debruçarmos sobre os diversos municípios do Espírito Santo para descobrir, em nossas cidades, instituições que se abrem para o próximo, que se condoem de presos e de prostitutas, que buscam encaminhar crianças, que se dedicam ao cuidado de seres humanos marcados por déficits físicos ou mentais, veremos que muitas dessas instituições ou a maioria delas, são levadas avante por seguidores do Espiritismo” (...) 

Realmente. Se fizermos um retrospecto das instituições implantadas em Cachoeiro de Itapemirim, ES, “que se dedicam ao cuidado de seres humanos”, constataremos serem, “muitas delas”, de iniciativa dos “seguidores do Espiritismo”.

É verdade que, desde 1900, a “Santa Casa de Misericórdia” vem atendendo a população da nossa cidade e do sul do nosso Estado, com “misericórdia”, praticando, desta forma, a “caridade” anunciada por Jesus (Mat, XXV, 34 a 45). Também é verdade que, com o decorrer dos tempos, pessoas tomadas por um sentimento cristão, têm criado instituições de auxilio à crescente população local. Porém, a partir de 1913, muitas outras foram erguidas por Espíritas.

Naquele ano, mais precisamente no dia 14 de julho de 1913, foi inaugurada, à rua 25 de Março n° 109, centro, a “Associação Espírita Beneficente e Instrutiva” que, além das tarefas espíritas, doutrinárias e mediúnicas, mantinha, nos fundos do prédio, um albergue noturno, para aqueles que chegavam à cidade e não tinham onde ficar, como também uma escola primária. Em 1916, instituiu a Liga Brasileira Contra o Analfabetismo, mais tarde Liga Espírito-Santense, visando a que não houvesse mais analfabetos, crianças ou adultos, no centenário da independência do Brasil, em 1922. 

Hoje, com o nome de “Associação Espírita Jeronymo Ribeiro”, ocupa-se com a divulgação do Espiritismo e com a assistência social.

Já em 1918, foi inaugurado o “Asilo Deus Cristo e Caridade”, no “Sitio Santa Fé”, hoje bairro São Geraldo, a 4 km do centro da Cidade, para abrigar órfãos, velhos e doentes mentais e, mais tarde, com o nome de “Lar Jeronymo Ribeiro”, crianças, em regime de internato. 

À frente dessas instituições, estava o seu fundador presidente Jeronymo Ribeiro, um português nascido na aldeia Lamas, Conselho de Penela, distrito de Coimbra, em 17 de março de 1854. Com o seu falecimento, em 05 de outubro de 1926, assumiu a direção das organizações, tornadas única, o poeta Luiz de Oliveira, que, deixando o seu cargo de “auxiliar de escrita” na Casa da Moeda no Rio de Janeiro, veio residir nas dependências do “Asilo”, com a sua esposa Ipoméa Braga de Oliveira, até o seu falecimento em 27 de julho de 1960.

Em 10 de fevereiro de 1952, ao fundar-se a Mocidade Espírita, como departamento do “Centro Espírita Jeronymo Ribeiro”, situado à rua Batista Fluminense n° 08, centro, foram criadas e mantidas pelos jovens por mais de trinta anos, uma Campanha do Quilo, denominada Pedro da Rocha Costa, para atender mensalmente, com gêneros alimentícios, às “Famílias de Jesus”, como eram conhecidas, uma farmácia, com distribuição de remédios à população, a Campanha de Inverno e de Natal, com distribuição de gêneros variados. 

Em março de 1972, foi inaugurado o “Lar Nina Aroeira”, à rua Irineu Hermógenes dos Santos n° 20, bairro Nossa Senhora da Penha, de responsabilidade do “Centro Espírita Manoel Cândido”, para abrigar e manter idosos. 

No dia 29 de junho de 1971, o “Centro Espírita Jeronymo Ribeiro” colocou, à disposição da população do sul do Estado, o “Hospital Infantil Francisco de Assis”, à rua Coronel Guardia n° 62, bairro Sumaré, entregue à Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, em 1997 

O conceito “fora da caridade não há salvação”, propagado pelo Espiritismo, é o amor praticado.



Cachoeiro de Itapemirim, Estado do Espírito Santo.
Domingos Cocco
Rua Raul Sampaio Cocco – Bairro Sumaré
Telefone: (28) – 3522-4053 – CEP – 29304-506
domingoscocco1931@yahoo.com.br 
Cachoeiro de Itapemirim - Estado do Espírito Santo