PAE

UM REDUTO DE PAZ DE "MARIA DOLORES"

Curso básico sobre a mediunidade


ONDE A MÃE ERROU?



Luiz Carlos Formiga


Winnicott associou seus estudos a questões educacionais e tornou-se importante referência. - “Somente se há uma mãe suficientemente boa é que a criança inicia um processo de desenvolvimento que seja pessoal e real. Se a maternagem não é suficientemente boa, então a criança torna-se uma coleção de reações à imposição, e a verdadeira identidade da criança falha em se formar ou se torna escondida atrás de uma falsa identidade". (1)
Educador consciente sabe que o período infantil é o mais propício para a internalização de valores ético-morais. "Os pais têm por missão desenvolver os valores de seus filhos pela educação, tarefa pela qual se tornarão culpados, se vierem a falir no seu desempenho".
Nossas iniciativas farão a revolução do pensamento no autoconhecimento, levando em conta o invisível, o impalpável, o imponderável e o adimensional na busca da verdade.
Quem teve aquela mãe, e ainda de quebra aquela avó, sabe o que Winnicott está lecionando.
Essas mulheres maravilhosas trabalham com seus filhos e netos, ainda no período infantil, a “inteligência espiritual” (QS). Foi o que fez o espírito mãe de Francisco Cândido Xavier. Aos cinco anos o menino Chico conversava com sua mãe desencarnada. (2)
Na Inteligência espiritual, as ligações neuronais alcançariam posições bastante complexas, com ativa participação da base cerebral, zona do conhecido lobo límbico. Este modelo mais aparelhado engloba todos os graus de inteligência, com pensamentos ordenados, participando das criações psicológicas em que a intuição representa a mola mestra do processo.
  Em face da fenomenologia paranormal, em que a mediunidade é de grande expressão, as três variedades – QI, QE e QS – mostrar-se-ão de acordo com os seus diversos graus e alcances. Assim, o fenômeno mediúnico, por fazer parte dos componentes orgânicos, quando ativado alcançará e será envolvido por qualquer tipo de inteligência. Diante de tal fato, compreendemos o teor das mensagens espirituais reveladas no processo mediúnico, com as características de maior ou menor significado, pela condição de filtragem que a organização mediúnica oferece. (3)
Ainda na espiritualidade mãe Matilde e filho se avistam. Vai encontra-lo em plena ação. Era um terrível diretor de legiões sombrias.
Onde Matilde errou a ponto de ter que resgatar seu filho das trevas? (4)
Outro filho aguça a minha curiosidade. Sempre desejei ter um filho assim (5)
Zaqueu era um homem que tinha posses e poder. Seria a riqueza uma prova mais terrível do que a miséria? Qual a influência da inteligência espiritual na sua boa administração?
A riqueza é cheia de equações complicadas. Pode o rico tornar-se egoísta, orgulhoso e insaciável. Tremenda armadilha. Mas Zaqueu era diferente e contou como administrava a Jesus, lembram?
 “Eu dou a metade dos meus bens aos pobres; e se causei mal a alguém, no que quer que seja, eu lhe retribuirei em quádruplo.”
Queria também saber como a genitora de Zaqueu estimulou essa inteligência espiritual.
Leia mais